Enquete

Qual mudança imediata deseja para a sua vida?

Mensagem das Águas

“Durante a nossa evolução, nós aprendemos quais sons são perigosos, quais sons são calmantes e seguros, quais sons são prazerosos e assim por diante. Nós, vagarosamente, aprendemos sobre as várias vibrações das leis da natureza. Nós aprendemos isso pelo instinto e pela experiência. Nós acumulamos estas informações pelos tempos. Começamos por sons simples como “a” ou “u” ou “e”, que foi se envolvendo em sons mais complexos como “Amor”. E estas palavras positivas criaram estruturas cristalinas “naturais” – que são todas baseadas no hexágono.

De fato, a estrutura de toda evolução na natureza, de uma perspectiva informacional, é baseada no hexágono. A razão pela qual o hexágono é formado tem a ver com a reação química do anel de benzeno. Assim como uma estrutura hexagonal é sinal de vibração positiva, acredito que a falta de estrutura básica hexagonal, de acordo com as leis da natureza, contém uma vibração destrutiva. Então, quando olhamos para coisas que não existem naturalmente – coisas que são artificialmente criadas – muitas delas têm a falta dessa estrutura hexagonal e então elas têm, acredito, uma vibração destrutiva. Esse princípio é o que penso que torna palavras de xingamento e insulto destrutivas. Essas palavras não estão de acordo com as leis da natureza. Então, por exemplo, eu penso que você provavelmente achará taxas mais altas de crimes violentos em locais onde muita linguagem negativa está sendo usada. Assim, como diz a Bíblia, primeiro veio a palavra, e Deus criou toda a criação da palavra.

Então, as palavras convertem as vibrações da natureza em som. E cada língua é diferente. O idioma japonês tem o seu próprio conjunto de vibrações que difere do inglês. A natureza na América é diferente da natureza no Japão. Um cedro americano é diferente de um cedro japonês, então as vibrações que vêm dessas palavras são diferentes. Dessa forma, nada contém a mesma vibração que a palavra “arigatô”. Em japonês, “arigatô” significa “obrigado”. Mas mesmo quando existe um mesmo significado, “arigatô” e “obrigado” criam diferentes estruturas de cristais. Toda palavra em toda língua é única e existe somente naquela língua.”

 

Dr. Massaro Emoto, sobre a mensagem das águas

Últimas NotíciasAs Mais Lidas