Enquete

Qual a prioridade na sua vida?

Mantovanni lança o Tarô dos Anjos

Tarô dos anjosIdealizado por André Mantovanni, o Tarô dos Anjos chega às livrarias como chave de autoconhecimento e oráculo adivinhatório

Por Samira Chahine 

 

Um excelente trabalho leva tempo para ser produzido. No caso de “Tarô dos Anjos” foram dez anos, período de amadurecimento do projeto, avaliação e mais do que tudo, chega ao público um trabalho de pura energia, um manual aprofundado e prático idealizado por André Mantovanni.

Muitos podem se perguntar: se tarô é tarô porque a necessidade de produzir cartas específicas?

A resposta está na energia do elemento escolhido e na afinidade com que temos com cada uma dessas cartas. Assim, a exemplo do Tarô dos Orixás (que atende um público gigantesco ligado aos orixás, com todas as suas simbologias e arquétipos da ancestralidade africana), o Tarô dos Anjos traz a divindade angelical a nosso dispor, criando conexões com esse plano sutil. São raras as pessoas que não acreditam em anjos, o mundo celestial é visto com bons olhos por todos e está presente nas religiões, aproximando o homem a esses seres divinos e a luz amorosa que eles emanam.

Conhecedor dos anjos e do tarô em todas as suas nuances, Mantovanni atendeu aos pedidos de seus seguidores, em um livro para leigos, para quem aprecia anjos e para quem estuda tarô, uma das ciências mais antigas da humanidade, que transcende o mundo adivinhatório e alcança o plano do autoconhecimento e da ciência. As cartas do tarô trazem mensagens e uma essência que vão da simples curiosidade à chave para trazer à tona a intuição. “Neste Tarô, os arcanos (cartas) são guardados por anjos”, afirma o tarólogo.

Com prefácio de Cátia Fonseca, apresentadora de TV, amiga de longa data de Mantovanni e admiradora dos oráculos, a obra nos aproxima não apenas do tarô, mas também dos anjos já que o livro também traz capítulos para a prática da liturgia angelical.

Em “Tarô dos Anjos”, o autor tarólogo traz ao público 22 cartas dos arcanos maiores e um livro explicativo (interpretação das cartas, consagração, métodos de tiragem e práticas rituais de magia branca acerca do universo angelical), e convida o leitor a conhecer cada carta como chave do seu processo evolutivo. Ou seja, mesmo que a procura pelo tarô seja por curiosidade pessoal, ele fará muito mais do que isso… Poderá despertar uma nova consciência e revelar o que os anjos tem a nos dizer.

Mas se cada carta é um arcano maior, onde entram os anjos?

Os anjos trazem as funções sublimes e aprendizados do arcano, e a simbologia de cada um deles é visualizada nas imagens, que para garantir uma linguagem universal e livre de acordo com a visão e crença de cada pessoa, os anjos são retratados com uma característica própria, sem nomenclaturas nem sugestões de qual ser angelical seja. Outro fato interessante é de que quase todas as figuras mantem a interação entre o humano e o divino celestial, ligando o homem ao anjo, mas quando não há a presença humana os anjos personificam a característica do arcano, como no caso da Imperatriz, que traz a mensagem do Anjo da Prosperidade.

Enquanto a escrita traz conteúdo exclusivo, com todo o conhecimento adquirido em décadas de prática, facilitando a compreensão do que cada carta/anjo está enviando como mensagem, há uma característica fundamental ao tarô: a ilustração.

Como a vida é frequência vibratória, o autor contou com uma parceria que conseguiu complementar os significados referentes a cada arcano, numa tentativa feliz e satisfatória em ilustrar as ideias que compõem este material.

A artista plástica Cris Martoni assina as 22 cartas do tarô presentes nesse box (livro + cartas) publicado pela Editora Isis. Segundo ela, “A criação do tarô dos anjos levou um bom tempo para se concretizar, porém a técnica que escolhemos para produzi-lo, a aquarela, trouxe muita leveza e fluidez, tanto para as cartas, quanto para o processo de construção, que se tornou tranquilo e repleto de energia”.

Cada carta tem uma simbologia que expressa muitos significados e cada significado uma mensagem, transmitida através da arte, com suas imagens, cores e formas.

“Quando há a vontade da busca interna, há o tarô. Trata-se de uma conexão com a alma, pois todas as cartas já estão dentro de nós”, assim André Mantovanni nos explica que o tarô proporciona um contato profundo do EU Superior e permite o entendimento do mundo que nos cerca. Tire uma carta e terá uma resposta do que está em seu íntimo neste momento. O tarô fala conosco e se houver sensibilidade para sentir e interpretar cada arcano traz respostas bem esclarecedoras e profundas!

Como um buscador de novas técnicas terapêuticas, André acredita que “o campo energético do tarô se assemelha ao campo das constelações sistêmicas, onde há um inconsciente pessoal e coletivo”, o que significa dizer que ao abrir do tarô para uma leitura é aberto também um canal para acessar todo o histórico do consulente e tratar questões do passado, presente e futuro atravessando a linha do tempo e espaço.

A proposta deste tarô se assemelha aos trabalhos anteriores do autor, Tarô dos Orixás e o Baralho Cigano, também publicados pela Editora Isis. Neste lançamento, “os arcanos maiores têm uma verdade fundamental com a presença de arquétipos, que no caso são as imagens e símbolos do mundo angelical”.

Últimas NotíciasAs Mais Lidas