Enquete

Qual a prioridade na sua vida?

Sem boa saúde mental não é possível evoluir

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Mental

O Dia Mundial da Saúde Mental é comemorado em 10 de outubro. Nesta data, todas as pessoas do planeta são convidadas a refletir a respeito do bem-estar da própria mente.

Os transtornos mentais afetam gente de todas as nacionalidades, etnias, classes econômicas, crenças e ideologias políticas. Nenhum povo escapa.

No Brasil, milhões de homens e mulheres sofrem dolorosamente. Muitos deles, calados, sem o devido diagnóstico nem o tratamento adequado.

Entre os principais transtornos estão a depressão, o transtorno bipolar (também chamado de transtorno de humor), a ansiedade, a Síndrome do Pânico, o estresse pós-traumático, o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), os transtornos alimentares (bulimia e anorexia) e a personalidade anti-social.

Diante de um sintoma persistente, é imprescindível buscar ajuda médica – se consultar com um psicólogo ou psiquiatra – para avaliação da saúde mental.

Importantíssimo passar sobre o preconceito que associa problemas mentais à loucura.

Todo mundo está sujeito a ter um desequilíbrio momentâneo, como uma crise de estresse, ou desenvolver uma desordem crônica que pode destruir a qualidade de vida e até provocar morte precoce.

Um transtorno não cuidado tem o poder de interferir na saúde geral da pessoal. Nessa condição, ela dificilmente vai conseguir vivenciar os momentos de felicidade do dia a dia e atingir a desejada evolução espiritual.

Sem saúde mental não é possível viver com plenitude. O sistema público de saúde oferece serviços de atendimento psicossocial.

O Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo, disponibiliza orientação e possível tratamento gratuito. Para se informar, ligue (11) 2661-0000.

Últimas NotíciasAs Mais Lidas