Enquete

Qual mudança imediata deseja para a sua vida?

Precisamos transformar nossa casa em um templo, afirma pensadora

terça-feira, 13 de março de 2018

Casa

Na opinião de Li Edelkoort, o lugar onde moramos deve ser um refúgio espiritual contra todo o mal que existe da porta para fora.

Vivemos uma era de medo. Medo da violência, medo da intolerância, medo da perda do emprego, medo dos invejosos.

Quando saímos do lar, ficamos expostos a todo tipo de maldade. Nos tornamos presas fáceis.

Já entre quatro paredes, na proteção da residência, conseguimos nos sentir mais equilibrados e fortalecidos, inclusive espiritualmente.

A pensadora e caçadora de tendências Li Edelkoort, da Holanda, afirma que devemos transformar nossa casa em um verdadeiro templo.
Um lugar blindado contra as mazelas do mundo. Um espaço de convivência feliz e reenergização.

“Nossa sanidade está sendo desafiada. As pessoas ficam cada vez mais estressadas, sem amparo, não se sentem seguras para viajar, ver um filme ou ir ao concerto. Somos alvos de uma situação e, quando isso acontece, nosso lar ganha outro significado. Ele se torna uma fortaleza, o lugar para se sentir completo, salvo e confortável para realizar a atividade que for, seja ela aprender a cozinhar coisas novas ou costurar um vestido. Você passa a ter controle do próprio universo, o que lhe permite transbordar as emoções em ocasiões diversas. Praticar ioga na sala, meditar no quarto, pintar um quadro – nesses momentos de prazer, as pessoas esvaem a exaustão e acabam refazendo a própria morada, a casa espiritual. E ela não tem nada a ver com religião ou tamanho. Estamos entrando em um momento de reconexão com as nossas crenças como forma de autoconhecimento. Precisamos compreender o espiritual como a força para transcender em si”, conclui a especialista.

Últimas NotíciasAs Mais Lidas