Precisamos estabelecer a cultura de paz no Brasil

quarta-feira, 13 de março de 2019

Paz10

Mais uma tragédia abala o país: o massacre na escola Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, deixou mortos, feridos e espalhou pânico.

Nos acostumamos, infelizmente, a acompanhar ocorrências sangrentas desse tipo em colégios e faculdades dos Estados Unidos.

Mas, nossa para tristeza e preocupação, esse fenômeno de violência passou a acontecer também perto de nós.

Houve os ataques numa escola municipal em Realengo (2011), na creche de Janaúba (2017) e no colégio particular de Goiânia (2017).

Antes disso, casos semelhantes (com número menor de vítimas) nas cidades de Salvador (BA), João Pessoa (PB), São Caetano do Sul (SP) e Corrente (PI).

Os brasileiros precisam se unir para implementar uma cultura de paz nas casas, escolas, em todos os lugares.

Pais, professores e responsáveis devem conscientizar crianças e adolescentes a respeito da importância da tolerância, do respeito ao outro, da não-violência.

É necessário ampliar o diálogo e dar mais atenção à saúde mental das pessoas, independentemente da idade.

Ao sinal de distúrbios emocionais e comportamento estranho, o indivíduo precisa ser encaminhado a um profissional especializado (psicólogo ou psiquiatra) para avaliação.

Vivemos uma epidemia de ansiedade, depressão, agressividade e ódio.

Não podemos achar isso normal e nos omitir em relação às pessoas com problemas psíquicos do nosso círculo de convivência.

Sem a união de todos e o cuidado mútuo, casos chocantes como o de Suzano voltarão a acontecer.

Últimas NotíciasAs Mais Lidas